Skip to main content

    “Não importa se os animais são incapazes ou não de pensar.
    O que importa é que são capazes de sofrer.”

    Jeremy Bentham

    SOBRE OSVALDO LOPES

    Uma história dedicada à valorização da vida. O belorizontino Osvaldo Lopes é certamente uma das figuras mais atuantes de Minas Gerais, hoje, na causa animal. Mas para entender as conquistas do presente e os planos para o futuro, é preciso passear um pouco pelo passado. Nascido em 1967 e criado na capital mineira, Osvaldo é fruto de uma família humilde e uma infância de lutas ininterruptas. Logo cedo, aos 9 anos, perdeu o pai, “seu Osvaldo”. Não demorou muito e começou a assumir um papel importante dentro de casa. Assim como várias histórias brasileiras, ele foi correndo atrás de um futuro ainda incerto, e batalhou em várias funções diferentes. Nunca Parou.
    Em meio a tudo isso, ainda adolescente, o primeiro resgate de um cãozinho atropelado fez com que os olhos se despertassem para uma causa que se tornaria um verdadeiro propósito de vida. Desde então, atua firmemente na ajuda aos animais vítimas de maus tratos, abandono, doentes, atropelados ou em situação de risco.
    Entre o primeiro animal salvo, em 1979, e hoje, lá se foram milhares de resgates. Muitos dos casos, por meio da Corrente do Bem pelos Animais, grupo de protetores idealizado por ele, que visa a promoção do bem-estar animal.

    PRINCIPAIS PAUTAS

    • CAUSA ANIMAL
    • SAÚDE PÚBLICA
    • MEIO AMBIENTE
    • TERCEIRA IDADE
    • POLÍTICA URBANA

    fale com a gente